dez 13

Reciclagem de alumínio e papel

Muitas pessoas estão me perguntando como são feitas as reciclagens de alumínio e papel. Afinal, trata-se simultaneamente de dois materiais muito presentes em nossa vida de consumo. Para você que faz a mesma pergunta todos os dias, vou ajudar em sua dúvida.

Reciclando o alumínio

Logo após o acontecimento e recolhimento do alumínio, geralmente os catadores vão vendê-lo para cooperativas, de acordo com a coleta seletiva solidária. A partir disso, acontecerá a prensa de todo o material da coleta, seguindo todos os parâmetros para sua fundição. Logo em seguida, acontecerá a utilização de equipamentos altamente tecnológicos para se livrar de impurezas do material, encaminhando-o direto para os fornos rotativos.

alumínio

O alumínio trabalho será fundido e transformado em alumínio líquido, sendo possível ser utilizado para a confecção de placas e ligas em geral.

Todos os produtos vão atender vários segmentos, principalmente a indústria de carros junto aos seus bens de consumo. No entanto, não podemos esquecer que a utilização dos produtos que tenham alumínio deverão ser diferentes no processo de acolhimento, devendo sempre atender as especificações exigidas.

As cooperativas citadas acima deverão preencher as embalagens de acordo com cada produto, distribuindo para supermercados e outros distribuidores. Geralmente, todo o processo dura em torno de trinta dias contados.

Reciclando o papel

Primeiramente, é interessante começar dizendo que a reciclagem do papel vai impedir o acúmulo de diversos aterros sanitários, gastando sempre menos energia e gerando bastante renda. É desta maneira que vamos conseguir diminuir o consumo de diversos recursos naturais, como a madeira é própria água.

papel

Já se unindo com a coleta seletiva, será necessário preservar a toda a integridade do papel para fomentar o procedimento facilitado para coleta. A mesma deverá evitar a contaminação do papel, aumentando ainda mais o seu valor para diminuir os custos futuros para reciclagem.

O resto do papel sempre vai apresentar problemas na hora da reciclagem. Tudo isso acontece devido ao seu alto teor de contaminação e uma incorreta separação. No entanto, para você conseguir melhorar a qualidade do seu papel, é importante acontecer um investimento mais pesado tanto em educação quanto informação.

Dentro do que já foi falado, a triagem também é algo fundamental nesta fase: veja que o papel irá sofrer uma seleção bem exclusiva onde, de maneira inicial, será retirado algumas matérias mais perigosas para fomentar todo o processo do equipamento. Depois disso, os resíduos, que normalmente vem em conjunto com o papel, deverão ser separados para evitar qualquer tipo de problema. No final, será possível garantir toda a eficiência e qualidade de toda a execução, dando lugar para o inicio de novas encomendas e produtos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.